Siga a gente!

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Os signos e a morte: homenagens póstumas e sepulturas singulares. (1)




Victor Noir, pseudônimo de Yvan Salmon, nascido em 27 de julho de 1848, foi um jornalista francês que, aos 21 anos, foi morto em 10 de janeiro de 1870...




 ... com um tiro disparado pelo príncipe Pierre-Napoléon Bonaparte, o poderoso primo de Napoleão III. Seu assassinato provocou forte indignação pública – entre outras coisas, porque o jovem estava com o casamento marcado para o dia seguinte – e reforçou a hostilidade ao Segundo Império, em um momento em que Napoleão III já havia se tornado impopular. Noir fora incumbido de organizar um duelo entre o seu editor-chefe, que se considerava ofendido pelo príncipe e este. 





O infeliz mensageiro foi morto por um tiro da arma do impulsivo príncipe, e acabou por se tornar um símbolo do republicanismo: dois dias após sua morte, mais de 100 mil pessoas se juntaram ao seu cortejo fúnebre até um cemitério em Neuilly.  





A resposta popular foi ainda maior, resultando em várias manifestações públicas violentas e que abriram caminho para a queda do regime, quando Pierre Bonaparte recebeu o veredicto de inocente. 





Em 1891, com a Terceira República consolidada, seus restos foram transferidos para o cemitério Père Lachaise, em Paris, e foi encomendado ao escultor Aimé-Jules Dalou, um fervoroso defensor da República, um monumento fúnebre que o homenageasse. 





O artista resolveu retratar Noir no momento de sua morte, quando tombou diante do número 27 da rue d'Auteuil, às duas da tarde, após ser atingido no peito por um dos seis tiros disparados pelo príncipe, fugir pelas escadas e despencar da varanda. O escultor fez questão de congelar o momento da forma mais realista possível: a boca entreaberta, os pés separados, o sobretudo desabotoado, os braços sem vida estendidos ao lado do corpo com as mãos enluvadas, o chapéu rolado para adiante... Seu toque pessoal foi a inegável ereção que a estátua ostenta, com a qual o escultor quis frisar duas coisas: a não consumação do casamento tão próximo e a coragem de enfrentar os poderosos, traduzida em acintosa virilidade.







  O tempo passou, a história do jornalista foi esquecida pela grande maioria, mas os que visitavam o famoso cemitério, que abriga as sepulturas de muitas personalidades, como Jim Morrison, Édith Piaf, Oscar Wilde, Maria Callas, Yves Montand, Simone Signoret, Molière, Chopin, Allan Kardec e muitos outros nomes célebres, não puderam deixar de reparar na ereção. E aos poucos foi surgindo a superstição que fez com que o túmulo de Victor Noir seja mais visitado do que os dos famosos: reza a lenda que depositar uma flor no chapéu da estátua e tocar seus pés, depois de beijá-la nos lábios e esfregar seus genitais, pode trazer fertilidade, uma vida sexual feliz, ou até mesmo um marido dentro de um ano. E como tem gente que acredita nisso! A ponto de tais partes do monumento terem perdido a oxidação esverdeada do bronze:











 Você quer conhecer quem fez esse magnífico trabalho de polimento do bronze? Foram elas...

















Temendo-se um desgaste da obra, em 2004 ela foi cercada, mas um clamor popular fez com que a medida de proteção fosse derrubada e, hoje, o túmulo do coitado do Victor Noir continua sendo ultrajado por hordas de turistas:






Essa se empolgou!


Gente...


"– Também quero um marido!"
"– Não faça isso, querido, pense nos nossos filhos!"


"Aproveita, vô, que a vó tá lá no Jim Morrison!"


O amor é lindo. Ah, se todo mundo pegasse num pau de estátua...


"Pessoal, vamos formar uma fila agora", explica o guia.



Veja homenagens póstumas e sepulturas singulares em outros signos:




Blog dos Geminianos

Blog dos Virginianos


Blog dos Sagitarianos

Blog dos Capricornianos

Blog dos Arietinos

4 comentários:

  1. Crendice e falta de respeito com os mortos.

    ResponderExcluir
  2. Moro há três anos em Paris, já tinha pesquisado o motivo da ereção da estátua e nunca encontrei em lugar nenhum. Obrigado pela informação e parabéns pelo blog. Muito bem escrito e divertido.

    ResponderExcluir
  3. minha noosa estou precisando urgentemente me esfregar numas estátua dessas!!(^O^)

    ResponderExcluir
  4. "Aproveita, vô, que a vó tá lá no Jim Morrison!" kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir